Questões Globais

Duas crianças morrem de frio na Síria

Duas crianças sírias, entre elas um bebê de seis meses, morreram de frio na Síria, atingida, assim como outros países da região, por uma tempestade de neve, informaram nesta quinta-feira (12) a oposição síria e os rebeldes. “Hussein Tawil, um bebê de seis meses, morreu ontem devido ao frio em Aleppo”, capital do norte da Síria onde nevou nas últimas horas, afirmou à AFP um porta-voz da Coalizão Nacional Síria, Soner Ahmad. ‘Estava em uma casa aparentemente danificada (devido aos combates na cidade) e não resistiu’ ao frio, acrescentou. “Outro menor também morreu ontem de frio em Rastán”, bastião rebelde Saiba Mais

Onda de frio complica ajuda a refugiados sírios no Líbano, diz ONU

A Organização das Nações Unidas afirmou nesta quinta-feira que está trabalhando “mais duro do que nunca” diante da chegada do frio aos campos de refugiados sírios no Líbano. Há mais de 830 mil sírios abrigados no vizinho Líbano hoje devido ao conflito civil que tem destruído seu país. Do outro lado da fronteira, esses refugiados têm no entanto enfrentado a chuva e a neve de um clima hostil. O Líbano é o país que mais recebeu sírios desde o início da insurgência, em março de 2011. Mas os também vizinhos Jordânia e Turquia abrigam, respectivamente, 567 mil e 540 mil Saiba Mais

Egito concede visto para 171 refugiados palestinos e sírios

O porta-voz do Ministério egípcio de Relações Exteriores, Badr Abdel Ati, disse que essas pessoas terão vistos de residência de três meses para que possam regularizar sua situação no Egito. E explicou que já havia uma ordem da promotoria para sua libertação, mas que não pôde ser aplicada porque os refugiados não tinham residência e documentos, pois tinham entrado no país com visto de turista. Abdel Ati esclareceu que a prioridade para receber o novo visto foi para crianças, mulheres, idosos e homens doentes. Até ontem, 206 sírios e palestinos estavam detidos em delegacias das províncias de Alexandria, Port Said Saiba Mais

Unicef: uma em cada três crianças não existe oficialmente

Segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, 230 milhões de crianças menores de cinco anos de idade nunca foram registradas. Com isso, uma em cada três crianças no mundo não existe oficialmente. Os números estão em um relatório do Unicef lançado esta quarta-feira, para marcar o aniversário de 67 anos da agência. O sul da Ásia e a África Subsaariana são as regiões do mundo com os menores índices de registros de nascimentos. Guiné-Bissau De Brasília, a coordenadora de monitoramento do Unicef no Brasil, Ana Cristina Matos, falou à Rádio ONU sobre as implicações para a vida Saiba Mais

ONU condena ataques a instalações médicas na Síria

Profissionais de saúde e instalações médicas que viabilizam o acesso a remédios, vacinas e outros produtos importantes para a ajuda humanitária na Síria devem ser protegidos, pediu  a subsecretária-geral da ONU para Assuntos Humanitários. “É do interesse de ambas as partes em conflito e de todas as pessoas da Síria preservar a neutralidade e a funcionalidade da infraestrutura da área de saúde”, disseram a chefe do Escritório da ONU de Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA), Valerie Amos, a diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, e o diretor executivo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Anthony Lake. Na Saiba Mais

Papa e chefe do Acnur discutem situação dos refugiados

Durante uma audiência privada no Vaticano, esta sexta-feira, o papa Francisco recebeu o alto comissário da ONU para Refugiados, António Guterres. O chefe do Acnur demonstrou sua “profunda apreciação pelo trabalho do papa em gerar atenção pública para a questão dos refugiados, dos deslocados internos, dos migrantes e das pessoas que buscam asilo. Proteção Guterres explicou ao líder da Igreja Católica Romana a Estratégia de Proteção no Mar, que foca em melhorar o resgate e a proteção contra a exploração e abuso de migrantes que arriscam suas vidas no oceano. O papa Francisco e o alto comissário da ONU partilharam Saiba Mais

Futebol garante sobrevida aos refugiados de guerra da Síria

Enquanto o conflito civil na Síria não cessar, milhares morrerão e outros tantos fugirão do país. A intensa guerra que se desdobrou no país do Oriente Médio a partir de março de 2011, contra o regime de Bashar al-Assad, tem estimativas de 120 mil vítimas fatais, 4,5 milhões de desabrigados e 2,2 milhões de refugiados. Boa parte dessa massa populacional que busca segurança nas nações vizinhas segue para a Jordânia. E, nesses diversos campos de refugiados, o futebol mais uma vez serve como esperança para dias melhores. A história de Bassam é contada pelo jornal inglês The Guardian . Atacante do Izra, Saiba Mais

Ataques aéreos matam 46 pessoas neste fim de semana na Síria

Pelo menos 20 pessoas morreram neste domingo vítimas de um ataque aéreo contra uma cidade no norte da Síria, o segundo em menos de 24 horas, aumentando o número de mortos neste final de semana para 46, muitos deles mulheres e crianças. Em Damasco, um projétil atingiu uma escola francesa quando as aulas haviam começado, causando danos materiais, mas nenhuma vítima. Os pais foram logo em seguida buscar seus filhos. Na província de Aleppo, helicópteros do regime lançaram barris de explosivos sobre um mercado da localidade de Al-Bab, matando 20 pessoas – entre eles duas mulheres e quatro crianças – Saiba Mais

Página 30 de 33« Primeira...1020...2829303132...Última »
Voluntários

Loja Virtual

Em Breve
Close